Thursday

A MINHA É MAIOR QUE A TUA


(Texto a pensar num grupo de mulheres empreendedoras...)

Ali estão dois homens na casa dos 40, cheios de pinta, enérgicos, animados, numa reunião de trabalho. São dois profissionais, apaixonados, e falam alto, portanto oiço tudo. A conversa inicial deles está a ser “hilariante”. E, apesar de tudo, inspiradora!

Espremida a coisa, o arranque da conversa é “a minha é maior que a tua”.  😂 
Básico de homem, certo? Mas aqui há ouro. (Listen up, ladies!)

Diz o A, “Conheço-o bem, jogo rugby com o pai dele”: 1 point. Diz o B - “Tenho lá casa, e ele às vezes junta-se ao nosso grupo”: 2 points.
E assim foi até ter ficado um score de 5-4. Deduzi que ganhou o mais sénior da empresa. 😉 

Ficaram super activados com esta saudável competiçãozinha de macho, até porque ambos praticam DESPORTO (daquele com equipas que ganham e outras que perdem). Com esta energia mergulharam entusiasticamente nos temas (operacionais e financeiros). Porque ambos querem mais e melhor. Assumidamente querem ter uma reunião rápida; e ambiciosamente procuram as melhores formas de gerar mais dinheiro numa determinada área do negócio. Porque ambos estão activamente investidíssimos em avançar, evoluir, olhar para os números, rever procedimentos, resolver, tomar decisões e ajustar... 

Realmente revelaram a energia saudável da (saudável) competição — de que as mulheres fogem mas que se calhar não “deviam”. Não estou a sugerir que regridamos na nossa maturidade 😂(pois ambos estavam cheíssimos de ego e vaidade, é verdade!), mas sim que nos ponhamos mais a jeito para, tal como muitos homens (os mais bem sucedidos?), competir. Eu sei que isto soa a provocação. É essa a 💡ideia.

Acredito pois que o processo de competição (connosco ou com outros) faz de nós, mulheres mais de mais-acção e menos de excesso-de-pensar-sentir. 

Assim sendo: Para aquelas de nós com áreas estagnadas (uma área do nosso negócio, ou o negócio inteiro? Uma área do nosso relacionamento ou um relacionamento inteiro?), há que espertamente elevar a nossa energia de modo a que naturalmente passemos à acção e reação. Com ACÇÃO mesmo que imperfeitaaa.

Se estamos estagnadas — em princípio será devido a perfeccionismos e outros 101 medos (quem nunca?) — ajuda activarmos o nosso corpo primeiro! Mas se temos esta tendência (como eu!), ajuda termos uma actividade física competitiva q.b muito regular que a contrarie. 

Na minha certificação de coaching, uma das outras alunas contou-me que de manhã ía todos os dias (cedérrimo) fazer no ginásio uma aula daquelas combativas! Fiquei chocada mas hoje em dia entendo! 

Podemos facilmente fazê-lo via desporto: boxe feminino, corrida, ténis, futebol feminino etc; ou via jogos: bola com os filhos, matraquilhos com os maridos.... Ou via um concurso no trabalho com as colegas: ver quem consegue emagrecer mais, quem chega primeiro algures, quem vende mais etc... Haja criatividade! Qualquer actividade que nos active (energeticamente) em modo COMPETITIVO serve, desde que vejamos depois a diferença nos resultados onde os queremos!

Tenho a clara noção que culturalmente as mulheres são criadas para colaborar, e não tanto (ou quase nada) competir. E os homens ao contrário. E sinto que claramente isso nos prejudica! Não face aos homens mas face a nós. 
Existe aliás um preconceito. Quando estamos na presença duma mulher muito competitiva, nós mulheres, julgamo-la imediatamente (fria, insensível, gananciosa, Maria Rapaz), assim como julgamos um homem que seja pouco competitivo (banana, tótó, gay, nerd, as hipóteses são muitas). E os homens julgam as mulheres mais competitivas e os homens pouco competitivos também (“ela é quem veste as calças lá em casa”; ele fará um bom alvo de troça).

Portanto não é fácil. Mas é mais difícil ficar no pântano feminino... Não agir custa-nos imenso dinheiro e saúde mental!

E NISTO.... Desafio todas as mulheres deste grupo a se desafiarem NUMA competição QUALQUER, e depois a comentarem aqui o que vão fazer, e depois ainda, vir aqui contar como foi e o que aconteceu...! 

Às primeiras 10 eu ofereço: nada! Ahahah 😂 
Minto; ofereço medalhas 🥇de ouro - virtuais.  Eu disse que valia ouro! 😂😆 

🏁🏁🏁🏁🏁🏁🚀🚀🚀🚀🚀🚀🥳🥳🥳🥳🥳🥳🥳

Um beijinho enorme!

Madalena Muñoz 
On a mission to co-create beautiful lives
Email: coaching@madalenamunoz.com