Wednesday

Mulheres: sintam-se mais vivas!

Este foi um post no meu facebook pessoal:
Mas um dia, veio alguém e disse às filhas que não podiam rir tão alto, não podiam correr como os irmãos, não podiam seguir artes, não podiam usar essa roupa, não podiam ser muito diferentes do resto das mulheres da família, não podiam ter quereres, que não criassem ondas, fossem sempre à missa, e viajar para quê, aprender línguas para quê, e tirar um curso que disparate. Casassem bem mas é, e se dedicassem a tomar conta do mundo (marido-casa-filhos-pais...), não se queixassem e estivessem sempre com um ar muito bom e muito femininas. Alguém traçou o caminho. É mais ou menos esta a história de tantas mulheres que vêm falar comigo. Mas são tantas...
Não admira que sejam tantas as mulheres (mais do que os homens, na minha experiência), com amarras - mesmo que agora já tenham mais liberdade, não são livres! Não sabem muito bem quem são de verdade, qual o seu propósito de vida, o que gostam ou o que adoram - que nem sonhos têm (presentes) quando lhes pergunto! É NOTAVELMENTE TRISTE.
Se vamos dar importância ao negativo (por ex., se nos criticaram ou amarraram no passado), pelo menos demos a MESMA importância ao positivo (aos apoiantes de hoje)! É que ainda por cima, a vida é só HOJE que rola.
No final do dia, o que importa de verdade é que sejamos o mais autênticos, o mais livres, o mais felizes que podemos ser, pois já houve uma altura em que nós TODOS não nos importávamos nada com "leis" nem criticas - pois quando ainda usávamos fralda e sentavamo-nos no nosso próprio cócó e sujávamos a cara toda com molho de tomate e gelado -, estavamos demasiado ocupados a descobrir, a aprender, a apreciar, e a DIVERTIRMO-NOS com tudo!
Todas as mulheres, seja qual a idade, podem reaver uma vida com mais emoção, mais experiências, mais histórias, mais aventura, e mais sentido! Podem sentir-se mais VIVAS! Não desistam de viver quando ainda têm vida!
Madalena Muñoz - Life Coach
coaching@madalenamunoz.com
www.madalenamunoz .com